Destino da taça após o fim da Copa do Mundo da FIFA



Você sabe para onde vai a taça da Copa do Mundo, após o término dos jogos? Tem ideia de quanto pesa e de que material é feito o disputado troféu entregue aos campeões mundiais? Descubra estas e outras curiosidades sobre a Taça Copa do Mundo Fifa, um dos objetos mais desejados do planeta.

A taça atual não existe desde o inicio do Mundial, sua primeira aparição foi na Copa da Alemanha, em 1974. Antes dela, de 1930 a 1970, o vencedor ganhava a Taça Jules Rimet e, se conseguisse erguê-la por três vezes, ficava com ela permanentemente.

Em 1970, o Brasil foi tricampeão mundial e conquistou a Jules Rimet pela terceira vez, ficando com ela em definitivo. Pena que em 1983, ela foi roubada e nunca mais foi recuperada.

(Clique na imagem para ver a foto da Taça da Copa do Mundo Fifa em alta resolução)

Diferentemente da Jules Rimet, a Taça da Fifa não fica definitivamente com nenhuma seleção, o país vencedor ganha apenas uma réplica perfeita, chamada de 'Troféu dos Campeões'.

Após o Brasil ganhar a taça Jules Rimet, a Fifa organizou um concurso para escolher sua substituta. A nova taça foi criada pelo escultor italiano Silvio Gazzaniga e produzida pelo ourives Milano Bertoni. O troféu mede 36,8 cm de altura, pesa 6,175 quilos e é feita de ouro puro (18 quilates), com duas faixas verdes de malaquita. Ela tem o formato de duas pessoas segurando o planeta.

Ela tem inscrito em sua base Fifa World Cup (Copa do Mundo Fifa) e na parte de baixo, os vencedores, escritos no seguinte padrão: grava-se o ano do campeonato, seguido pelo nome do vencedor. Os nomes são gravados na linguagem original do país vencedor, assim, o nome Brasil está escrito com 's' e não com 'z', como seria se fosse escrito em inglês.

Estes são todos os seis países que têm seu nome gravado na taça até hoje:

Alemanha (1974, 1990 e 2014)
Argentina (1978 e 1986)
Itália (1982, 2006)
Brasil (1994 e 2002)
França (1998 e 2018)
Espanha (2010)

A taça original é toda feita em ouro puro, mas a réplica que é entregue ao país vencedor é feita de uma liga de cobre e zinco, banhada a ouro em três demãos.

Depois que um país vence a Copa do Mundo, a taça original viaja para o país vencedor e participa de todas as comemorações. Algumas semanas depois, sem que ninguém saiba a data exata (por medida de segurança) ela retorna para Paderno Dugnano, uma pacata cidade no norte da Itália.

Lá, o troféu é limpo, polido, tem as duas faixinhas verdes (feitas de uma pedra chamada malaquita) substituídas por novas e tem o nome do novo campeão gravado. Após isso, ela retorna para a sede da Fifa, em Zurique, na Suíça e ficará guardada até o mundial de 2022, no Catar.

Há espaço para gravar o nome dos campeões até o mundial de 2034, depois vamos ver qual será a solução que a Fifa irá propor para o Mundial de 2038.

Veja todas os países que já sediaram a Copa do Mundo da Fifa, as seleções que já venceram o Mundial e os capitães que ergueram a cobiçada taça de campeão do mundo:

1930
Sede: Uruguai
Campeão: Uruguai
Capitão: José Nasazzi

1934
Sede: Itália
Campeão: Itália
Capitão: Gianpiero Combi

1938
Sede: França
Campeão: Itália
Capitão: Giuseppe Meazza

1942 e 1946

As edições de 1942 e 1946 foram canceladas por causa da Segunda Guerra Mundial

1950
Sede: Brasil
Campeão: Uruguai
Capitão: Obdulio Varela

1954
Sede: Suíça
Campeão: Alemanha Ocidental
Capitão: Fritz Walter

1958
Sede: Suécia
Campeão: Brasil
Capitão: Hilderaldo Bellini

1962
Sede: Chile
Campeão: Brasil
Capitão: Mauro Ramos

1966
Sede: Inglaterra
Campeão: Inglaterra
Capitão: Bobby Moore

1970
Sede: México
Campeão: Brasil
Capitão: Carlos Alberto Torres

1974
Sede: Alemanha
Campeão: Alemanha Ocidental
Capitão: Franz Beckenbauer

1978
Sede: Argentina
Campeão: Argentina
Capitão: Daniel Passarella

1982
Sede: Espanha
Campeão: Itália
Capitão: Dino Zoff

1986
Sede: México
Campeão: Argentina
Capitão: Diego Maradona

1990
Sede: Itália
Campeão: Alemanha
Capitão: Lothar Matthäus

1994
Sede: Estados Unidos
Campeão: Brasil
Capitão: Dunga

1998
Sede: França
Campeão: França
Capitão: Didier Deschamps

2002
Sede: Coreia e Japão
Campeão: Brasil
Capitão: Cafu

2006
Sede: Alemanha
Campeão: Itália
Capitão: Fabio Cannavaro

2010
Sede: África do Sul
Campeão: Espanha
Capitão: Iker Casillas

2014
Sede: Brasil
Campeão: Alemanha
Capitão: Philipp Lahm

2018
Sede: Rússia
Campeão: França
Capitão: Hugo Lloris

Uma última curiosidade bem interessante sobre a Taça que a fazem ser ainda mais desejada:

Apenas chefes de Estado, o presidente da Fifa e campeões mundiais podem tocá-la

Isso aumenta ainda mais o desejo de obtê-la, já imaginou? Os maiores jogadores da atualidade Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar precisam colocar luvas para pegar no troféu. Nenhum deles pode tocar no maior símbolo do Futebol, a Taça da Copa do Mundo da Fifa!
Destino da taça após o fim da Copa do Mundo da FIFA Destino da taça após o fim da Copa do Mundo da FIFA Reviewed by Mauro on julho 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


Contact Us